Imprimir Email Criado em 18-01-2018

Durante último trimestre do ano de 2017, O CNC através da sua área de Intercâmbio Internacional realizou as seguintes actividades:

11.      O CNC fez-se presente no Fórum Anual dos Carregadores – Annual Global Shippers’ Forum realizado em Las Palmas, Espanha de 01- 06 de Outubro de 2017. Neste evento foram analisados e discutidos vários temas tais como:

As responsabilidades do GSF no âmbito da consolidação industrial e o seu impacto para os carregadores, os mercados de linhas marítimas e as políticas de competitividades entre elas, eliminação de práticas anti-competitivas, problemática de segurança marítima e o transporte aéreo. O impacto das taxas portuárias; poluição marítima e aérea e fretes aéreos.

Importa salientar que o evento foi marcado pela apresentação e aprovação do relatório financeiro correspondente ao I Semestre do ano de 2017.

 12.      O CNC participou de 23-25 de Outubro de 2017 no Fórum da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (CNUCED) em Genebra, Suíça na sede das Nações Unidas, a margem do referido encontro, foi lançado formalmente no dia 25 de Novembro de 2017 pelas 17horas, o estudo referente ao transporte marítimo internacional para o ano de 2017, no âmbito do capítulo sobre redes de transporte marítimo e actividade. Este estudo é um ponto de referência para a estatística e análise sobre o comércio marítimo, a frota mundial, os custos de transportes, o tráfego portuário e os últimos desenvolvimentos no quadro jurídico e regulamentar do transporte marítimo internacional.

13.      O CNC participou nas 8as Jornadas do Carregador Africano (JCA), organizadas pelo Ghana Híperes Autority, em colaboração com a UCCA de 22-24 de Novembro de 2017, em Accra/Ghana.

Jornadas sob o tema: “Facilitação do Comércio e seu impacto na Industrialização de África” e marcadas por dois eventos destintos (Exposição e Sessões Plenárias). As sessões foram articuladas nomeadamente pelos sub-temas: Guichet único:uma ferramenta essencial para facilitação do comércio, Comités nacionais de facilitação: mecanismo e eficácia na implementação de medidas de facilitação do comércio, o papel dos conselhos de carregadores, das alfândegas e dos portos na facilitação do comércio, os Incoterms e as regras de Roterdão.

Neste período em questão importa assinalar que à nível da união dos Conselhos de Carregadores Africano (UCCA), com base na recomendação saída no final da adaptação do plano estratégico 2015-2020, que visa estabelecer parceria com as comunidades económicas regionais (CEDECO, CEEAC, CEMAC, UEMOA E SADC), foi elaborado um memorando de entendimento entre a UCCA e a CEDEAO cujo acto de assinatura decorreu  na terça-feira, 28 de Novembro de 2017.

FLASH INFORMATIVO

Realização da Assembleia Geral da União dos Conselho de Carregadores Africano (UCCA) em Ouagadougou, Burkina Faso, 06 a 9 de Fevereiro de 2018,  na qual será eleito o novo Secretário Geral da referida União.

Os Conselhos de Carregadores surgiram no continente africano em meados dos anos setenta, na sequência da reunião organizada pela CNUCED em 1968/74, para organizar o comércio marítimo; Em 1977 foi criada a União dos Conselhos de Carregadores Africanos (UCCA), órgão especializado da Organização Marítima de África do Oeste e Centro (OMAOC), em aplicação da carta sobre os transportes marítimos na zona de África de Oeste e do Centro denominada Carta de Abidjan de Maio de 1975.

Angola sendo membro efectivo da UCCA desde 1978 (através do Conselho Nacional de Carregadores (CNC) / Ministério dos Transportes da República de Angola) é o terceiro País africano a integrar a União. Angola já presidiu a União desde 2001 a 2004, e organizou em Novembro de 2010 as 5as Jornadas do Carregador Africano, sob tema “Impacto das taxas de frete e encargos sobre as economias africanas “proposto por Sua Excia Ministro dos transportes de Angola, Augusto da Silva TOMÁS. As referidas Jornadas foram co-realizadas com a primeira edição da feira dos transportes (Expotrans), implementadas pela UCCA desde 1999 com uma frequência organizativa quase bianual em diferentes Países membros da referida União, com o intuito de discutir assuntos relacionados com as actividades dos Carregadores Africanos e trocar experiências no sector dos transportes marítimo e não só. Fonte:CNC