Imprimir Email Criado em 10-05-2019

 

Com vista a reforçar as relações de cooperação existente entre as duas instituições, esteve em Angola de 22 á 26 de Abril, do ano em curso a Delegação do Conselho Nacional de Carregadores da República do Congo, chefiada pelo seu Director Geral Sr. Séraphin Mouendzi, acompanhado por outros membros daquela instituição, a convite do CNC, de Angola, entre as duas instituições públicas dos dois Países.

No aeroporto internacional 4 de Fevereiro, para receber a delegação visitante esteve o Dr. Emanuel Molares D’Abril, Director Geral Adjunto para a Área Técnica do, em representação do Director Geral do CNCEngº Catarino de Fontes Pereira, acompanhado pelo Responsável do Intercâmbio Rogério Zandando, e Filipe Silva, funcionário da Bolsa Nacional de Fretes (BNF).

As conversações entre as duas Delegações, tiveram início no dia 23/04/2019, com encontro de cortesia com o DG do CNC, no seu gabinete de trabalho, que serviu também para dar as boas vindas, bem como apresentar os objectivos da visita á Delegação CCC. No seguimento do programa da visita elaborado para o efeito, continuando depois na sala de reuniões da instituição onde o Director Geral do CNC, fez a apresentação dos outros membros integrantes da Delegação.

No terceiro dia da visita da Delegação do CCC, (Conselho de Carregadores do Congo), foi visitar as instalações do terminal Marítimo da “ SOGESTER”, onde recebeu explicações da Director Geral do Terminal marítimo sobre a organização e funcionamento através da exibição de um vídeo, mostrando as várias etapas do processo de organização administrativa, manuseamento e sistema operacional do Terminal, sem descorar dos aspecto de responsabilidade social da “SOGESTER”, que participa em vários projectos sociais nos Bairros: Benfica com a construção e reabilitação de escolas, e centros de Saúde no município do Cacuaco, culminando com a visita Guiada ao terminal, incluindo a zona de atracagem de navios, zona de arrumação de contentores, a zona de pesagem dos camiões contentores, em todo este processo de funcionamento nota de destaque vai para o ambiente de segurança e trabalho dos trabalhadores das instalações.

Ainda no mesmo dia a Delegação do CCC, deslocou-se também á Bolsa Nacional de Fretes, (BNF) sempre acompanhados pelo Director Geral do CNC, onde receberamexplicações da responsável daquele Departamento, que através de um vídeo deu a conhecer o que é bolsa BNF, para quê serve e quais foram os critérios para classificação dos fretes, bem como a obtenção de dados para obtenção dos dados e informações. Houve da parte da dos visitantes muito interesse relativamente ao funcionamento da (BNF), uma vez que pretendem criarem a Bolsa Nacional de Fretes do Congo, tendo inclusive pedido para apoiar-lhe na criação da sua Bolsa, pedido aceite imediatamente com assistência técnica garantida, pelo DG do CNC.

No penúltimo dia da visita a Delegação do Congo, deslocou-se ao Porto seco de Viana, onde se inteirou do sistema de funcionamento, porto seco desde a processo desembaraço aduaneiro bem como a forma de arrumação das mercadorias, e localização para entrega aos clientes

No final da visita que teve a duração de (6) dias foi produzido um memorando de entendimento onde constam as linhas orientadoras para a cooperação futura com reciprocidades de vantagens, para ambas as instituições, que participam no processo de comercio internacional dos dois Países República de Angola por um e República do Congo por outro lado.

Fonte: CNC