Um anúncio oficial é esperado no corrente mês sobre a composição de uma nova aliança: a TBN, na qual os transportadores envolvidos necessitarão de certificar-se que têm tempo suficiente para obter permissões legais das Autoridades de Concorrência e iniciar a comunicação com os seus clientes referente à nova estrutura de serviços que será criada em Abril de 2017.

World Cargo News traz os destaques da conferência TOC Asia deste ano, realizada em Singapura

Aconteceu ainda este ano na Singapura a conferência TOC Asia, teve como tema recorrente a batalha dos armadores para encontrar uma alternativa ao modelo de negócios que levou as linhas de navegação a transportar containers em um mercado cujos fretes andam abaixo do custo.

Enquanto a demanda vai minguando, a oferta continua a expandir rapidamente, ao ponto de o mercado prever um crescimento da frota marítima em 7% para este ano, um número muito além dos 2% que se espera para o crescimento da demanda pelo transporte marítima. Embora o cenário pareça catastrófico, no entanto, o Diretor Executivo da Maersk Line para a Ásia afirmou, durante palestra realizada no evento, que os números globais podem estar sendo mal interpretados: “não generalizemos; há oportunidades”, realçou, referindo-se aos mercados do pacífico e às cargas de importação pelos Estados Unidos, que estão especialmente em alta. Van Trooijen disse ainda enxergar sinais encorajadores no mercado Ásia-Europa, que “devem estar melhor do que se pensa”, uma vez que os varejistas europeus andam reportando níveis baixos de estoques.

Já no primeiro trimestre MRS registra crescimento acima de 60% em relação ao mesmo período do ano anterior

Em um período pautado pela busca de redução nos custos operacionais e uma saída em meio à crise econômica e política que afeta o Brasil, a MRS Logística aparece com números “agressivos” no transporte de containers.

A companhia abriu 2016 com forte crescimento na demanda de containers, uma alta de 30%. Em 2015, foram transportados 67,7 mil Teus, volume 31,4% superior à produção anual de 2014. De acordo com a companhia em todas as rotas houveram ainda crescimento, sem nenhum caso de roubo de cargas registrado. O melhor resultado anual da ferrovia com as ‘caixas’ desde 2010. Para 2016, a empresa já aponta novos recordes: neste primeiro trimestre do ano, a ferrovia já transportou 63% mais contêineres do que em relação ao mesmo período do ano passado.

luandaMarginalA população total de Angola recenseada em 2014 foi revista, em alta, para 25.789.024 habitantes, de acordo com os números definitivos divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A consultora KPMG elaborou recentemente uma
lista com os dez melhores países africanos para investir. Neste conjunto encontram-se alguns países já “habituais”
e algumas novidades, uma delas Moçambique. Angola surge destacada, em terceiro lugar, após a África do Sul e a
Nigéria.