O director-geral do Conselho Nacional de Carregadores, Agostinho Itembo, defendeu uma melhor estruturação da relação entre o CNC e as linhas marítimas e contribuições destas para que tal relacionamento se torne mais profícuo.

Agostinho Itembo, que falava em Agosto deste ano, durante uma reunião com os armadores sobre a Bolsa Nacional do Frete, advogou ainda a necessidade de as linhas marítimas inscreverem-se na BNF e fornecerem, regularmentte, ao CNC a tabela do frete aplicada. Na ocasião, o director-geral do CNC informou que o Governo angolano está preocupado com valor do frete maríttiimo para o país, por ser internacionalmente considerado o mais caro.

Pág. 158 de 158