cursos vão decorre em Angola, Brasil e Portugal

O CONSELHO NACIONAL DE CARREGADORES (CNC), vai levar a cabo nos próximos tempos, varias actividades com vista a formação de quadros e parceiros do sector dos transportes.

As acções formativas segundo o programa do CNC, vai contemplar quadros do sector dos transportes e técnicos angolanos pertencentes as empresas importadoras (carregadores.)

Palavra do Director Geral

Director Geral do CNC

Este espaço foi concebido, justamente, como um "Portal do CNC" para, na medida do possível, estreitar as relações com os nossos parceiros, e com a comunidade em geral, aproveitando as facilidades proporcionadas pelas tecnologias da informação, para melhor prestarmos os nossos serviços.

Neste portal, o caro leitor, poderá aceder a várias informações sobre o CNC, com incidência para a estatística das importações angolanas, a localização de navios ao largo das zonas portuárias do Lobito e de Luanda, num raio de cerca de 100 kms, e a possibilidade de ensaiar, em tempo real, a simulação de um frete marítimo de referência de mercadorias originárias de todas as partes do mundo.

Euro negoceia abaixo de 1,19 dólares e poderá baixar o frete marítimo para Angola

A moeda única europeia está hoje a negociar no valor mais baixo desde Março de 2006, devido às preocupações de que a crise de dívida na Europa alastre e penalize a retoma mundial.

O euro desvalorizava 0,35% para 1,1926 dólares mas já chegou a negociar nos 1,1876 dólares, um mínimo de Março de 2006, depois de ter tombado 2,5% na semana passada.

Tal baixa da moeda única europeia, pode aumentar o número de exportações dos Estados-membro, e consequentemente, aumentar o número de importações dos grandes importadores a estes, como é o caso de Angola (na medida em que há aumento do poder de compra). O aumento de carga marítima a importar, afecta directamente o respectivo frete, diminuindo-o. (Fonte: Contribuído) - INF

“Desenvolvimento de Infra-estruturas Aeroportuárias e Crescimento Económico” é o tema que  atendeu a assinatura entre a TAAG e Boeing do protocolo para a compra de duas aeronaves Boeing 777 – 300 ER para a companhia de bandeira angolana.

O processo de reestruturação do sector tem como propósito último promover a emergência de um sector de transporte aéreo forte e em crescimento, que sirva como um catalisador do desenvolvimento económico nacional, servido por uma companhia de bandeira que seja uma referência a nível regional e alicerçado em infra-estruturas de nível internacional.

Uma delegação angolana chefiada pelo ministro dos Transportes, Augusto Tomás,  esteve na quinta e sexta-feira em Washington, onde participou da IV conferência internacional sobre infra-estruturas aeroportuárias, realizada sob o lema “Promover um Crescimento Dinâmico em África”.
Promovida pela Conferência do Conselho Corporativo para África e realizada sob o lema “Promover um Crescimento Dinâmico em África”, a reunião abordou temas sobre economia, comunicações, tecnologias de informação, energias alternativas, mudanças climáticas e fontes de financiamento para os projectos de infra-estruturas em África.